Notícias

Lei do artesão garantirá economia para a Prefeitura e aumentará espaço na FIART

Lei do artesão garantirá economia para a Prefeitura e aumentará espaço na FIART

A Feira Internacional do Artesanato é um evento cativo na agenda cultural de Natal. Neste ano, a FIART já está em sua 24ª edição. O encontro reúne artesãos de diversas partes do mundo e atrai muitos visitantes. A Feira será beneficiada pela Lei do Artesão que, no próximo ano, deve dobrar o espaço destinado aos expositores potiguares.

A Lei nº 6865, de autoria do Vereador Ney Lopes Júnior, reserva 20% dos stands nas feiras de artesanato, bazares, brechós e similares para os artesãos cadastrados na Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTAS), desde que o evento conte com o incentivo do poder público municipal.

A FIART possui 7000m², com 350 stands. Atualmente, um ambiente com 146 m² foi comprado pela Prefeitura e abriga 30 artistas locais, além de seis empreendimentos da economia solidária. Com a aplicação da Lei a Prefeitura garantirá um espaço com 280 m² e economizará, mais de 50 mil reais, valor utilizado para a aquisição do stand.

A Lei já está em pleno vigor, mas não foi aplicada na edição deste ano, porque a aquisição dos stands foi feita em novembro de 2018, antes da Lei ser publicada no Diário Oficial do Município, em janeiro de 2019.

O Vereador explica que o objetivo da lei é tornar o acesso aos eventos mais fácil. “Os profissionais enfrentam dificuldades em participar das feiras porque muitas vezes a taxa de inscrição é alta e não há compensação em um dia de trabalho. Com a aplicação da lei o espaço será gratuito”, explicou.