Notícias

Primeira fase do curso de mediação comunitária é concluída em Natal

Primeira fase do curso de mediação comunitária é concluída em Natal

A mediação nos bairros é um projeto de autoria do Vereador Ney Lopes Júnior, já incluso no Plano Plurianual do município. A atividade consiste em capacitar mediadores e conciliadores para atuarem nas comunidades. Inicialmente, o programa formou uma turma de qualificação com representantes de quatro bairros da cidade: Redinha, Brasília Teimosa, Felipe Camarão e Cidade da Esperança. A primeira etapa do curso foi concluída, agora o grupo segue para a capacitação prática.

O Vereador explica que o projeto é inédito no Brasil e tem como objetivo evitar que conflitos, que podem ser resolvidos no próprio bairro, sejam levados à Justiça: “A meta do projeto é desafogar o sistema judiciário. A mediação resolve o conflito e implanta a cultura de paz na comunidade”, afirmou.

A mediação é um processo voluntário que oferece àqueles que estão vivenciando um conflito a oportunidade e o espaço adequado para solucionar as questões. A primeira fase do curso consistiu na capacitação teórica, onde os integrantes do grupo receberam aulas de justiça social. Ainda no primeiro semestre deste ano os novos conciliadores devem começar a atuar em seus bairros. As próximas turmas de formação iniciam as aulas em março.

Frente Parlamentar de Mediação Comunitária

O Vereador Ney Lopes Júnior é criador da Frente Parlamentar de Mediação Comunitária na Câmara Municipal, que tem como objetivo receber e encaminhar sugestões, definir diretrizes e estudar o tema. O parlamentar também é autor da lei, que institui o Dia do Mediador Comunitário em Natal. 

Qual a importância da Mediação Comunitária?

Possibilitar às comunidades mais carentes o acesso à justiça através de soluções justas, rápidas e com valor legal uma vez que os conflitos resolvidos através da mediação e conciliação podem resultar em um acordo que tem o mesmo valor de uma sentença proferida por um Juiz. Se não cumprido espontaneamente, poderá levado à Justiça para execução do que foi acordado.

Qual o papel do Mediador?

Sem favorecer nenhum dos envolvidos, o Mediador facilita a comunicação entre as pessoas contribuindo para uma mudança de percepção e comportamento em relação ao conflito que possibilitará criar opções para se chegar a um compromisso de cooperação entre os envolvidos.